Quais serão investimentos do Leilão Aneel 01/2020?

 em Não categorizado

O Brasil irá realizar grandes avanços de infraestrutura nos próximos 5 anos no que diz respeita a linhas de transmissão de energia elétrica e também na capacidade transformadores em subestações que já existem, e em outras que ainda serão construídas. O conjunto de obras previsto nesta etapa totaliza mais de três mil quilômetros de novas linhas de transmissão e mais de 22 mil MVA adicionais de capacidade transformadora em subestações novas e existentes.

Trata-se do Plano da Operação Elétrica de Médio Prazo do SIN (PAR/PEL) na versão 2021 a 2025. Você pode estar se perguntando qual será o valor de investimento para todas essas obras de infraestrutura e a TEXPI responde. Segundo informações da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) os investimentos serão da ordem de R$ 12,8 bilhões no país.

Na totalidade, esses empreendimentos representam um acréscimo de 2% na extensão das linhas de transmissão nacional e de 5% na capacidade de transformadores da Rede Básica e da Rede Básica de Fronteira, quando comparada com a rede existente.

Qual será o investimento destinado ao Leilão Aneel 01/2020

A partir de informações do banco de preços da Aneel, são estimados mais R$ 6,8 bilhões em investimentos para o Leilão de Transmissão nº 01/2020, previsto para ocorrer em 4 dezembro de 2020, cujo edital a agência reguladora aprovou na última terça-feira, 10 de novembro.

Segundo documento do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), para 2021 e 2022, há a indicação de medidas operativas, a saber: a necessidade de instalação de Sistemas Especiais de Proteção (SEPs), alterações na configuração da rede ou o despacho de geração térmica por restrições elétricas.

Já para 2023 a 2025, a análise prioriza à adequação do cronograma de obras e aponta quais empreendimentos que, já determinados pela Empresa de Pesquisa Energética, irão passar por alteração da data de necessidade, com a possibilidade de uma recomendação para a EPE definir uma nova solução estrutural.

Outra informação que o documento do ONS traz é a previsão de carga do SIN. A projeção de crescimento é da ordem de 20% para o ano de 2025, quando comparado à máxima verificada em 2019. As variações estimadas vão desde uma expansão de 26% para a região Norte a até a mínima de 18% de aumento para as regiões Sudeste e Centro-Oeste.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Solicitar Orçamento